Casa Branca: estrangeiros e eleitores fantasmas votaram nas presidenciais

© AP Photo / Tsafrir AbayovUma mulher acompanha contagem de votos após eleições presidenciais nos EUA. Jerusalém, 9 de novembro de 2016
Uma mulher acompanha contagem de votos após eleições presidenciais nos EUA. Jerusalém, 9 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Casa Branca possui dados que comprovam falsificações nas eleições presidenciais, disse o conselheiro político de Trump, Stephen Miller, em entrevista ao canal ABC.

"As falsificações nas eleições são problema sério neste país. Há milhares de pessoas registadas em dois estados ou que já morreram, mas continuam nas listas de votação. Além disso, segundo pesquisa científica, 14% dos estrangeiros estão na lista de votação. São números surpreendentes", acrescentou Miller ao canal ABC.

Ele acrescentou também que a Casa Branca apresentou um número significativo de provas que comprovam as infrações.

O conselheiro do presidente Donald Trump se referiu à situação como "escandalosa", frisando que o país deva se horrorizar pela violência aos direitos dos cidadãos norte-americanos.

As eleições presidenciais foram realizadas em 8 de novembro. O candidato do partido republicano Donald Trump alcançou a vitória. No fim de novembro, o político declarou falsificações realizadas nos estados da Califórnia, Virgínia e Nova Hampshire, onde ganhou Hillary Clinton.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала