Daesh inicia primeiro ataque de tanque contra milícia iraquiana, mas sai perdendo

© AP PhotoForças de segurança iraquianas e Forças de Mobilização Popular suas aliadas disparam foguetes contra posições do Daesh em um campo petrolífero fora de Beiji, a cerca de 250 quilômetros ao norte de Bagdá, no Iraque, no sábado, 24 de outubro de 2015
Forças de segurança iraquianas e Forças de Mobilização Popular suas aliadas disparam foguetes contra posições do Daesh em um campo petrolífero fora de Beiji, a cerca de 250 quilômetros ao norte de Bagdá, no Iraque, no sábado, 24 de outubro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Este é o primeiro episódio documentado quando terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) usaram tanques de batalha, comunicaram as Forças de Mobilização Populares iraquianas.

Um tanque do exército sírio nas imediações de Palmira (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Exército sírio com apoio da Rússia avança em direção de Palmira, controlada pelo Daesh
Os militantes do Daesh usaram tanques durante ataque contra as Forças de Mobilização Populares Iraquianas (PMF, sigla em Inglês) da milícia xiita nas montanhas norte-iraquianas de Sinjar, perto da fronteira com a Síria, informou a PMF nesta segunda-feira (13).

"O ataque, que alvejou unidades da milícia em Ain Talaui, Ain al-Hasan, Ash sharai foi iniciado por 200 membros do Daesh, tendo sido eliminados 50 deles. Durante o ataque, Daesh usou tanques, sendo este o primeiro caso [documentado] do uso de tal armamento pelos terroristas do Daesh", disse a milícia à emissora Al-Manar.

A milícia acrescentou que conseguiram repelir o ataque ao destruir 17 carros-bombas usados pelos militantes para romper a defesa.

A PMF é uma organização de guarda iraquiana financiada pelo Estado e composta por 40 milícias predominantemente xiitas, contando com cerca de 100.000 membros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала