Falhanço épico: hino da Alemanha nazista ecoou em quadra de tênis americana

© AFP 2022 / TOBIAS SCHWARZBandeira Federal da Alemanha em Berlim
Bandeira Federal da Alemanha em Berlim - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Associação de Tênis dos EUA (USTA, na sigla em inglês) pediu desculpas oficiais à equipe alemã de tênis após ter usado uma versão desatualizada e proibida do hino nacional deste país antes de uma das partidas da Fed Cup, a principal competição de equipe em tênis feminino, no Havaí.

"A USTA apresenta suas desculpas mais sinceras à equipe da Alemanha na Fed Cup e aos seus torcedores por termos usado um hino nacional desatualizado. Este erro não voltará a acontecer", assinalou a organização na sua conta do Twitter.

​O hino usado pela USTA durante o evento data da época do Terceiro Reich. Embora o hino atual da Alemanha continue com a mesma música, as duas estrofes iniciais do hino nazista foram proibidas e somente a terceira é usada atualmente.

O erro se deu antes da partida entre a tenista alemã, Andrea Petkovic, e sua adversária norte-americana, Alison Riske, que acabou por ganhar o jogo.

"Nunca me senti tão desrespeitada em toda a minha vida, sem falar da Fed Cup, onde jogo já faz 13 anos. É o pior que me ocorreu na vida", disse Petkovic, filha de sérvios da Bósnia, citada pelo jornal russo Rossiyskaya Gazeta.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала