Kremlin explica por que ataque russo resultou na morte de soldados turcos na Síria

© Sputnik / Natalia Seliverstova / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin de Moscou
Vista do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na sexta-feira (10) o porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov explicou que o ataque contra as posições turcas na cidade síria de Al-Bab foi devido a terem sido transmitidas à Rússia coordenadas erradas sobre a localização do exército turco.

"Quanto às causas do incidente, elas são claras. A situação é evidente: infelizmente os militares russos usaram as coordenadas providenciadas por seus parceiros turcos durante os ataques aéreos. Os militares turcos deveriam estar fora do local cujas coordenadas foram repassadas", revelou Peskov.

"Foi por isso que aconteceram estes ataques não intencionais [que vitimaram soldados turcos]", acrescentou.

Bandeira turca sobre a embaixada da Turquia em Moscou, Rússia, abril de 2016 - Sputnik Brasil
Turquia põe panos quentes sobre ataque aéreo russo que matou militares turcos
Questionado sobre se o erro da inteligência turca foi a causa do ocorrido, Peskov ressaltou que isso aconteceu "por falta de coordenação na troca de coordenadas".

Na quinta-feira (09) Peskov confirmou à Sputnik que o presidente russo Vladimir Putin expressou condolências ao líder turco Recep Tayyip Erdogan devido ao ataque acidental que provocou a morte de soldados turcos na Síria. Segundo o porta-voz do Kremlin, os dois países realizarão um trabalho conjunto de investigação.

Por seu turno, Putin informou que a causa do ataque foi a má coordenação entre os militares.

Ao mesmo tempo, o Ministério da Defesa russo comunicou que os bombardeiros russos estavam realizando uma missão com objetivo de destruir as posições dos terroristas do Daesh em Al-bab, onde os soldados turcos foram atingidos acidentalmente.

Tropas da Turquia e do Exército Livre da Síria nos arredores de Al-Bab, Síria, 4 de fevereiro, 2017 - Sputnik Brasil
Turquia e Rússia continuarão combatendo o Daesh apesar de acidente militar na Síria
Na sexta-feira Peskov revelou os detalhes da conversa sobre o incidente havida entre os dois presidentes:

"Vocês sabem que o presidente expressou condolências e pesar devido ao que aconteceu. O importante é o acordo entre os chefes dos Estados-Maiores sobre a tomada de medidas urgentes com vista a melhorar o mecanismo de coordenação de informação durante as operações conjuntas", destacou Peskov.

O Ministério da Defesa russo confirmou a ocorrência de um ataque aéreo acidental na Síria nesta quinta-feira, que matou três soldados turcos e feriu outros 11. Segundo uma fonte militar em Ancara, a Turquia não vai criar uma comissão conjunta para investigar o incidente do ataque aéreo, pois a situação ficou "bastante clara".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала