Mulher do Daesh ateia fogo em si mesma na cidade de Mossul

© flickr.com / Markus SpiskeFogo
Fogo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Fonte da província de Nínive informou à Sputnik que a mulher de um dos terroristas famosos do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em muitos outros países), natural da aldeia de Al-Hud que fica perto da cidade de Al-Qayyara ao sul de Mossul, cometeu suicídio, ateando fogo em si mesma na zona oeste de Mossul.

Um soldado do Exército Sírio está vigilando as posições dos militantes, a 20 km de Palmira, na Síria - Sputnik Brasil
Terroristas do Daesh incendeiam gasoduto a noroeste de Palmira
A razão do suicídio estaria ligada ao acidente de seu filho, Us, que perdeu a perna durante ataques aéreos da coalizão internacional que combate o terrorismo.

Segundo a fonte afirmou à Sputnik Árabe, a mulher que se chama Nahla trabalhava no departamento de segurança do Daesh junto com seu marido e quatro filhos. Eles mataram centenas de civis da cidade de Qayyarah. Os moradores do distrito lembram na pele a crueldade e inclemência desta família.

Espera-se que o exército iraquiano, apoiado pela coalizão internacional, em breve, liberte completamente a zona oeste de Mossul do Daesh, sendo este o último baluarte dos terroristas na província de Nínive.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала