Kiev reforça ainda mais escalada do conflito em Donbass com envio de batalhões

© AP Photo / Evgeniy MaloletkaExército ucraniano
Exército ucraniano - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Ucrânia transportou 16 trens de munição para morteiros e artilharia pesada, enviando posteriormente para a área do Batalhão de Donbass três batalhões do regimento Azov e reforçou várias brigadas, incluindo uma brigada de assalto. A informação foi divulgada por uma fonte diplomática-militar em Moscou à Sputnik.

"Durante duas semanas, de 10 a 23 de janeiro, na área da operação antiterrorista e da estação Porkovsk chegaram 16 trens de munição para morteiros e armas pesadas de 152 milímetros", disse a fonte à Sputnik. 

Militares ucranianos em Avdeevka em 1 de fevereiro de 2017 - Sputnik Brasil
Por que a situação em Donbass se intensificou justo agora?
Segundo a informação, de 24 a 27 de janeiro, chegaram três batalhões do regimento Azov à zona de conflito de Donbass. 

Antes do recrudescimento dos bombardeios na linha de contato, haviam chegado ao menos nove divisões de artilharia e seis de morteiros. 

A autoproclamada República Popular de Donetsk denunciou que seu território havia sofrido um bombardeio massivo com lançadores múltiplos de foguetes pela primeira vez nos últimos dois anos.

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, declarou anteriormente que a ofensiva do Exército ucraniano prejudica os acordos de Minsk. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала