Que carros prefere o Daesh?

Nos siga noTelegram
A Sputnik publica documentos do Daesh (organização terrorista proibida em muitos países, incluindo a Rússia) que o exército iraquiano descobriu em um dos abrigos dos terroristas na planície de Nínive.

Eles contêm uma lista de carros que usam os terroristas. Aí é indicada a informação sobre marca, cor, ano de produção, todas as caraterísticas técnicas, número de motor, área de uso e nomes de motoristas, informa a Sputnik Árabe.

Os carros mais populares entre os terroristas são caminhonetas produzidas entre 1985 e 2012. A lista tem nomes como Pickup Double, Nissan e Kia. São usados para necessidades militares, transporte de óleo cru e logística. Além disso, há carros especiais para o comando.

Soldados das Forças Democráticas Sírias - Sputnik Brasil
Continua ofensiva contra Daesh: curdos libertam 3 aldeias próximas de Raqqa
Os militantes chamam esses carros de "troféus", mas na verdade foram pegos de moradores locais, refugiados ou pertenceram à administração civil.

Nos últimos tempos, muitos terroristas se têm recusado a usar carros, pois são facilmente visíveis para os aviões. Agora os militantes preferem motocicletas. Em particular, antes da última grave derrota na planície de Nínive, a maioria deles usou motocicletas para fugirem para dentro da província de Nínive e para o oeste da província de Anbar para evitar recontros com o exército iraquiano.

© SputnikLista de carros preferidos pelo Daesh
Lista de carros preferidos pelo Daesh - Sputnik Brasil
Lista de carros preferidos pelo Daesh
© SputnikLista de carros preferidos pelo Daesh (continuação)
Lista de carros preferidos pelo Daesh  (continuação) - Sputnik Brasil
Lista de carros preferidos pelo Daesh (continuação)
© SputnikLista de carros preferidos pelo Daesh (continuação)
Lista de carros preferidos pelo Daesh (continuação) - Sputnik Brasil
Lista de carros preferidos pelo Daesh (continuação)
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала