Tribunal dos EUA rejeita apelação de Trump contra decisão judicial sobre imigração

© REUTERS / Neil HallManifestantes em passeata contra o presidente dos EUA Donald Trump, 4 de fevereiro de 2017
Manifestantes em passeata contra o presidente dos EUA Donald Trump, 4 de fevereiro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Tribunal de Apelação dos EUA rejeitou o recurso do Ministério da Justiça do país de cancelar a decisão judicial que tinha suspendido a ordem de imigração do presidente norte-americano Donald Trump.

As informações são da agência Reuters.

Antes, citando um documento do ministério, a agência havia  informado que, no sábado (04), o Ministério da Justiça dos EUA tinha apresentado uma apelação contra a decisão do tribunal em Seattle que suspendeu a ordem migratória de Trump.

Por seu turno, o jornal The Washington Post escreveu que a decisão do Tribunal de Seattle causa um dano direto à sociedade.

A Russian serviceman, left, trains Syrian soldiers to search and detect explosive devices in Palmyra. File photo - Sputnik Brasil
Trump 'provavelmente se unirá à Rússia e à Síria para libertar Raqqa do Daesh'
De acordo com a agência, o Tribunal de Apelação estabeleceu um prazo-limite para o Ministério da Justiça submeter o documento com a resposta do demandante às objeções do réu. O documento tem que ser apresentado até à próxima segunda-feira (06).

Na semana passada Trump assinou uma ordem que suspende o acesso de refugiados ao país por 120 dias, suspende por um prazo indeterminado o acolhimento de refugiados da Síria, endurece algumas normas de entrada e suspende por 90 dias o acesso aos EUA de indivíduos provenientes do Iraque, Irã, Síria, Sudão, Iêmen, Líbia e Somália.

O decreto de Trump provocou grande controvérsia nos EUA e na comunidade internacional. Senadores do Partido Democrata pretendem submeter um projeto de lei que poderá permitir o cancelamento da ordem presidencial. Os procuradores-gerais  de 15 estados dos EUA qualificaram a decisão de Trump de "ilegal".

A Casa Branca defendeu a ordem executiva como necessária para proteger os Estados Unidos contra os extremistas islâmicos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала