Maduro transfere ao menos 15 poderes ao vice-presidente da Venezuela

© AFP 2022 / JUAN BARRETOPresidente da Venezuela, Nicolás Maduro, participa em Caracas da cerimônia em homenagem a Fidel Castro, líder da Revolução cubana falecido em 25 de novembro de 2016
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, participa em Caracas da cerimônia em homenagem a Fidel Castro, líder da Revolução cubana falecido em 25 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente venezuelano, Nicolas Maduro, transferiu pelo menos 15 de seus poderes, incluindo a nomeação de vice-ministros, para o vice-presidente do país, Tareck El Aissami, segundo informa a mídia local.

América Latina presta homenagem a Hugo Chávez no segundo aniversário da sua morte. 27 de fevereiro de 2015, Caracas, Venezuela. - Sputnik Brasil
'Oposição venezuelana quer derrubar Maduro da mesma maneira que queria derrubar Chávez'
El Aissami terá o direito de nomear vice-ministros, assinar decretos sobre expropriação, isentar empresas estratégicas do Imposto sobre Valor Agregado, além de ser responsável pela distribuição de fundos entre ministérios, de acordo com o portal Noticias24.

O vice de Maduro foi nomeado para o cargo em 4 de janeiro de 2017. De acordo com a Constituição venezuelana, em caso de vacância no posto presidencial as atribuições do presidente transferem-se para o vice-presidente, se a situação ocorrer após a conclusão da metade do mandato presidencial.

Em 9 de janeiro, o parlamento venezuelano declarou que Maduro havia “abandonado” seu cargo por supostamente não cumprir seus deveres constitucionais, mas a Suprema Corte de Justiça afirmou que a Assembléia Nacional não tinha poderes constitucionais para declarar o abandono. Maduro classificou as ações do parlamento como uma tentativa de golpe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала