Terroristas não vão passar!

© Sputnik / Vitaly PodvitskyTrump assina decreto "Protegendo a Nação contra a Entrada de Terroristas Estrangeiros nos Estados Unidos"
Trump assina decreto Protegendo a Nação contra a Entrada de Terroristas Estrangeiros nos Estados Unidos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Somente o tempo mostrará se o novo decreto antiterrorista do presidente americano Donald Trump reforçará a segurança nos EUA.

Lembramos que na sexta-feira (27), Trump assinou o decreto "Protecting the Nation From Foreign Terrorist Entry Into the United States" ("Protegendo a Nação contra a Entrada de Terroristas Estrangeiros nos Estados Unidos") suspendendo a admissão de refugiados nos EUA por 120 dias, proibindo indefinidamente o acolhimento a refugiados sírios e endurecendo as regras de entrada nos EUA a fim de impedir a infiltração de terroristas.

Donald Trump assina documentos sobre a grande reconstrução das Forças Armadas dos EUA - Sputnik Brasil
Trump ordena Pentágono criar plano para destruição do Daesh
Além disso, o decreto proíbe a entrada nos EUA durante 90 dias de cidadãos do Iraque, Irã, Síria, Sudão, Iêmen, Líbia e Somália.

"Para ser claro, este não é um banimento aos muçulmanos, como a mídia está falsamente reportando", disse Trump explicando o seu decreto. "Isto não é sobre religião — trata-se de terrorismo e de manter nosso país seguro. Há mais de 40 países diferentes no mundo inteiro que são maioria muçulmana que não são afetados por esta ordem".

A decisão já provocou numerosos protestos em vários países do mundo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала