Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Senhor das Armas' russo vai pedir revisão do julgamento à Suprema Corte americana

© AFP 2021 / NICOLAS ASFOURIEmpresário russo Viktor Bout
Empresário russo Viktor Bout - Sputnik Brasil
Nos siga no
A equipe legal do empresário russo Viktor Bout vai apelar à Suprema Corte dos EUA para pedir um novo julgamento. A informação é do advogado de Bout, Alexey Tarasov que falou com exclusividade à Sputnik Internacional.

"Estamos no meio da preparação de um recurso para o Supremo Corte dos Estados Unidos neste momento," afirmou Tarasov, acrescentando que o pedido será apresentado no dia 19 de Fevereiro.

Empresário russo Viktor Bout, também conhecido como o 'senhor das armas', que cumpre pena de prisão de 25 anos nos EUA - Sputnik Brasil
'Senhor das armas' russo comenta nova decisão da corte dos EUA sobre seu caso
Bout, que cumpre uma sentença de 25 anos em os EUA por acusações de terrorismo, foi preso na Tailândia em 2008 e entregue às autoridades norte-americanas em 2010. Ele é acusado de vender armas às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), consideradas pelo Departamento de Estado dos EUA como um grupo terrorista.

Apelidado de "Senhor das Armas", Bout foi a inspiração de um filme produzido por Hollywood em 2005 onde é interpretado por Nicolas Cage. 

Caso Yaroshenko

Outro implicado pela petição será Konstantin Yaroshenko. Condenado há 20 anos por tráfico de drogas, o piloto está nos EUA desde 2011 e é o centro de um embate diplomático entre os americanos e o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

A Rússia acusa os EUA de terem ilegalmente sequestrado Yaroshenko na Libéria em 2010, sob a alegação de que o piloto pretendia contrabandear uma grande quantidade de cocaína para o país. 

Viktor Bout - Sputnik Brasil
Rússia busca diálogo sobre prisão do 'senhor das armas' e de piloto russo dos EUA
Em abril de 2016, um tribunal de Nova Iorque negou um pedido de anulação da pena de Yaroshenko, levando a Rússia a afirmar que o caso tinha conotação política.

A defesa de Yaroshenko apresentou um pedido à equipe de Trump para que o caso seja julgado na Rússia.

"O pedido foi apresentado em outubro ou novembro, e o tempo normal para ser processado é de três meses de modo que esperávamos uma resposta do governo anterior. Ainda estamos esperando e esperamos ter notícias em breve", disse a defesa.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала