Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Editora-chefe do RT: Departamento de Estado dos EUA retiraria nosso ar, se pudesse

© SputnikMargarita Simonyan, editora-chefe do RT
Margarita Simonyan, editora-chefe do RT - Sputnik Brasil
Nos siga no
Margarita Simonyan, editora-chefe do RT declarou à RIA Novosti que não está surpreendida com o bloqueio da página do canal russo no Facebook, que resultou da queixa de uma organização financiada pelo Departamento de Estado, a Radio Svoboda (Rádio Liberdade).

"Não é uma surpresa para mim. Departamento de Estado dos EUA retiraria nosso ar, se pudesse", afirmou a editora-chefe do RT à RIA Novosti.

Russia Today logo - Sputnik Brasil
Facebook não permite RT publicar notícias com multimídia
A rede social bloqueou a publicação notícias com citações, fotos e vídeos na página do RT no Facebook após o canal ter transmitido a conferência de imprensa do presidente dos EUA Barack Obama. Durante a transmissão, o canal de televisão Nastoyaschee Vremya se queixou à administração do Facebook dizendo que o RT teria violado o direito autoral ao realizar a transmissão. O canal Nastoyaschee Vremya é um projeto da Radio Svoboda (Rádio Liberdade) americana, financiado pelo Departamento de Estado dos EUA.

Os representantes do canal russo informaram que não houve quaisquer violações por parte deles e que o RT tinha a autorização para realizar a transmissão.

​Simonyan confirmou que o canal já apelou à administração do Facebook exigindo desbloquear sua página, mas ainda não há resultados. "Nós continuaremos a exigir o desbloqueio", acrescentou.

RT - Sputnik Brasil
'Todos assistem': RT russo passa a ser transmitido na ONU
Há pouco, os representantes do canal de televisão RT informaram que o Facebook havia bloqueado a possibilidade do RT publicar notícias com citações, fotos e vídeos na sua página em inglês até o presidente eleito dos EUA Donald Trump tomar posse. Atualmente, a página do canal não funciona de modo normal. Se os jornalistas não conseguirem ultrapassar o bloqueio nas próximas horas, o RT não poderá realizar transmissão da investidura de Trump no Facebook, onde tem mais de quatro milhões de seguidores. O Conselho de Jornalistas da Rússia apontou que assim a rede social deu vantagem a outra mídia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала