Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Garoto que atirou em colegas e professor no México tem morte cerebral confirmada

Nos siga no
Menino de 15 anos feriu quatro colegas e o professor antes de atentar contra a própria vida; segundo autoridades, ele sofria de problemas psiquiátricos.

Colegio Americano del Noreste 2 - Sputnik Brasil
Estudante de 15 anos abre fogo contra colegas e professora no México
O menino de 15 anos que mais cedo atirou contra colegas e sua professora de 24 anos em Monterrey, capital de Nuevo Leon, morreu por conta do disparo que fez contra a própria cabeça.

A informação foi confirmada pelo governador de Nuevo Leon, Jaime Rodríguez

"Estou informado de que se retirou a assistência médica, ele tinha morte cerebral e já falece", disse o governador.

A professora e os três colegas, feridos nos braços e na cabeça, continuam internados no Hospital Universitário da cidade. Autoridades disseram mais cedo que o menino sofria de problemas mentais e estava em tratamento psiquiátrico.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала