Exclusivo: autor da petição a Putin para intervir no México explica motivos

Nos siga noTelegram
O jornalista mexicano que criou um documento em que citava a situação de agitação social mexicana e pedia ajuda do presidente russo falou com a Sputnik Mundo.

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante coletiva de imprensa no Kremlin, 23 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Petição: 'Vladimir Putin, precisamos de você na América Latina'
Em uma conversa com a Sputnik Mundo, o jornalista conhecido como Freppo Soviético, que escreveu a petição publicada no site Change.org pedindo ao presidente russo Vladimir Putin para ajudar com os problemas internos do México, explicou o que o motivou a fazer o pedido.

Recusando-se a revelar seu nome real por motivos de segurança, Freppo Soviético disse que o líder russo é a pessoa mais apta a mudar as coisas no país latino-americano.

"Eu enderecei (a petição) ao Putin porque eu sei que ele não é a favor do que a nova ordem que os Estados Unidos e outros governos querem implantar. Após sua intervenção na Síria, ele é a pessoa mais apta para lutar contra o governo do México, que é controlado pelos Estados Unidos", ele disse à Sputnik.

Segundo o autor da petição, a sua intervenção foi solicitada porque "as organizações internacionais sabem o que acontece no México e ninguém faz nada". 

Protestos pela alta nos combustíveis no México - Sputnik Brasil
Protestos contra aumento de combustíveis deixa mortos e feridos no México
Para Freppo Soviético, o líder russo poderia ajudar "alterando a direção do país", isto é, fazer com que o México não siga na órbita dos Estados Unidos permanentemente. O internauta criticou a política levada a cabo pelo Governo mexicano e sua falta de independência das elites do país. O jornalista também mencionou as crises atuais ligadas ao aumento do preço da gasolina.

"Ultimamente há muitos problemas com os EUA. Você pode criar relações entre o México e a Rússia. Toda a América Latina está cansada dos EUA. As decisões tomadas no México são apenas para favorecer os Estados Unidos. Nós só precisamos de uma mudança de política. Um curso diferente para o país. Não é o governo que está pedindo, é a população", ele disse.

"A maior parte da América Latina apoia Putin", disse ele.

A petição viralizou nas redes sociais e obteve 13.390 assinaturas no site Change.org antes de ser fechada pelo autor no dia 15 de janeiro. 

"Eu imaginei que teria uma grande reação, devido ao fato de que muitos apoiam o governo de Vladimir Putin", disse ele.

Secretário de Fazenda e Crédito Público do México, Luis Videgaray - Sputnik Brasil
Luis Videgaray será novo ministro das Relações Exteriores do México
Freppo explicou que a petição foi fechada "por medo de estar cometendo uma traição à pátria". No entanto, em 17 de Janeiro, a petição foi reaberta e já ultrapassou as 14 mil assinaturas.

"Às vezes eu temo meu governo, porque existe justiça só para o corrupto. Mas eu decidi reabrir, porque eu não tenho nada a temer", disse ele. O jornalista acrescentou que apagou todos os dados pessoais do documento.

De acordo com a petição, a situação política no México "está no seu pior momento da história" e o atual líder mexicano, Enrique Peña Nieto, "não está apto para ser presidente".

Freppo Soviético também disse durante a entrevista quem, segundo ele, poderia ser o presidente mexicano. O jornalista acredita que Andres Manuel Lopez Obrador é o único candidato capaz de mudar as coisas no México, porque quer reduzir os salários dos deputados e governadores, aumento do salário mínimo, permitir o acesso às universidades a todos os alunos e incentivar o desenvolvimento de comércio mexicano.

O jornalista mexicano acredita que "as pessoas estão mais inclinadas ao candidato de esquerda".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала