Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Assange revela verdade por trás das acusações da administração de Obama contra Rússia

© AFP 2021 / John Stillwell Julian Assange, fundador do WikiLeaks.
Julian Assange, fundador do WikiLeaks. - Sputnik Brasil
Nos siga no
Segundo o chefe redator do WikiLeaks, administração atual dos EUA está tentando deslegitimar o presidente eleito, Donald Trump.

O fundador do portal WikiLeaks, Julian Assange, declarou que as alegações contra a Rússia por interferir nas eleições presidenciais nos EUA são uma tentativa da administração do presidente atual de deslegitimar o futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informa o jornal russo Izvestia.

O chefe-redator do site revelou isso em entrevista ao canal Fox News.

Julian Assange, fundador do  WikiLeaks - Sputnik Brasil
'O impossível tornado possível': Assange e Snowden agradecem pela libertação de Manning
"Eles estão tentando privar a Administração Trump, que em breve irá ocupar a Casa Branca, da legitimidade. Eles estão tentando persuadir que o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, não é o presidente legitimo", sublinha Assange.

O site WikiLeaks não coopera com Rússia ou qualquer outro país, reforçou Assange durante entrevista ao canal.

O chefe-redator do WikiLeaks frisou que os resultados das eleições de votação nos Estados Unidos foram influenciados pelas declarações e ações da candidata do partido Democrático, Hillary Clinton, e do diretor da sua companha eleitoral, John Podesta.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала