Euroceticismo cresce: Europa se vira contra si própria

© AFP 2022 / OZAN KOSEBandeira da União Europeia
Bandeira da União Europeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-presidente do Parlamento Europeu, o polonês Ryszard Czarnecki, afirma que a política migratória da UE é "boa para atirar no lixo" e que o próximo Parlamento Europeu será na maior parte composto de eurocéticos.

"O Brexit comprometeu a autoridade e o prestígio da UE, especialmente do ponto de vista externo, ou seja, nas relações com os EUA, a China e a Rússia", comunicou Czarnecki em entrevista ao jornal Do Rzeczy

Homem carrega uma bandeira da União Europeia depois do referendo britânico, Londres. Reino Unido, 24 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Enquete revela grande número de eurocéticos na União Europeia
Segundo ele, poucas pessoas têm consciência de que 100 dos 750 eurodeputados são eurocéticos. Entretanto, segundo ele, a situação é ruim, mas não catastrófica. 

"A UE não é mais o Titanic. Ela deve se olhar ao espelho e perceber que a política migratória deve ser colocada no caixote do lixo", acrescentou o dirigente do Parlamento europeu. 

Czarnecki também notou que os maiores países doadores da UE ficam sob pressão crescente dos eurocéticos do seu próprio país, que começam a reclamar a restituição da maior parte das suas contribuições.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала