Governo do Japão diz que está 'analisando minuciosamente' as declarações de Trump

© AFP 2022 / STR / JIJI PRESSYoshihide Suga
Yoshihide Suga - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As autoridades do país asiáticos não gostaram nada quando o republicano usou o Japão como exemplo para ilustrar os desequilíbrios fiscais domésticos.

Workers assemble a vehicle at a Toyota motor plant in Vinh Phuc (File) - Sputnik Brasil
Trump ameaça Toyota com 'grande imposto' caso Corolla seja fabricado no México
Na coletiva realizada em Nova Iorque na tarde de ontem (11), o presidente-eleito Donald Trump mais uma vez usou as montadoras japonesas como alvo e citou o Japão para ilustrar desequilíbrios comerciais. As afirmações, porém, não ficaram sem reação do governo do Japão.

Falando à imprensa hoje, o secretário chefe do gabinete de governo japonês, Yoshihide Suga declarou que o Japão está "analisando minuciosamente" os comentários do presidente-eleito.

"As empresas japonesas são reconhecidas como bons cidadãos corporativos nos EUA"disse, acrescentando que as empresas japonesas fizeram investimentos diretos na ordem dos US$ 410 bilhões nos EUA. "O governo japonês acredita que os investimentos ativos e livres são o motor e a fonte da economia dos EUA e do Japão".

Não foi o primeiro estranhamento entre o republicano e as autoridades do país asiático. Na última sexta (6), o governo japonês saiu em defesa da fabricante Toyota depois de Trump ameaçar pesar a mão nas taxas alfandegárias caso a Toyota resolva fabricar seu modelo Corolla em solo mexicano.

Na ocasião, o ministro do Comércio, Hiroshige Seko disse que a indústria automotiva japonesa é uma contribuição importante para a economia americana.

"É importante que as empresas digam isso e o governo também tem que lembrar, se for necessário", acrescentou Seko.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала