Informações de que Rússia possui dados comprometedores sobre Trump e Clinton são absurdas

© Sputnik / Natalia Seliverstova / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin de Moscou
Vista do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As recentes informações de que a Rússia alegadamente possui dados comprometedores sobre o presidente eleito Donald Trump e a ex-presidenciável democrata Hillary Clinton são absolutamente absurdas, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, na quarta-feira (11).

"Sem dúvida, é uma farsa absoluta, falsificação absoluta e disparates absolutos", disse o porta-voz do presidente russo.

Julian Assange, chefe do site de vazamentos WikiLeaks - Sputnik Brasil
'Dados comprometedores' sobre Trump são falsos, diz WikiLeaks
Além disso, Peskov afirmou que o Kremlin não tem informação comprometedora sobre Trump, é uma história inventada.

Respondendo à questão concreta se o Kremlin tem dados comprometedores sobre Clinton, Peskov declarou que o Kremlin não recolhe dados comprometedores. Ao invés disso, o Kremlin desenvolve relações com parceiros estrangeiros nos interesses da Rússia, da "paz global, estabilidade e segurança", afirmou.

"É mais uma tentativa de prejudicar as nossas relações bilaterais. A qualidade da parte pública do relatório precedente e esta farsa são semelhantes. Em inglês isso chama-se de pulp fiction. Sem dúvida, parece que é preciso reagir a isso com humor", disse Peskov aos jornalistas.

As bonecas russas (matryoshkas) com retratos dos 5 últimos presidentes norte-americanos - Sputnik Brasil
TV: Rússia possui informações comprometedoras sobre Trump
"No entanto, há um lado triste: com efeito, há quem agrave a histeria, quem faça os possíveis para apoiar a situação de caça às bruxas. Além disso, o presidente eleito Trump descreveu esta falsificação como a continuação de caça às bruxas", acrescentou Peskov.

Mais cedo, o canal de televisão norte-americano CNN comunicou, citando altos funcionários anônimos dos EUA, que os serviços secretos dos EUA informaram o presidente atual Barack Obama e Donald Trump sobre o fato de alguns "agentes russos" possuírem informações comprometedoras sobre o bilionário, embora não tivessem sido apresentadas quaisquer provas. Segundo o canal, tais suspeitas são referidas no suplemento ao relatório dos serviços secretos dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала