Ex-secretário-geral da ONU preocupado com violação do embargo de armas pelo Irã

© AP Photo / Gary CameronEx-secretário-geral da ONU Ban Ki-Moon
Ex-secretário-geral da ONU Ban Ki-Moon - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ex-secretário-geral da ONU Ban Ki moon se mostrou preocupado pelo fato de o Irã poder ter violado as normas internacionais na área da venda de armas, informa a agência Reuters.

Conforme o relatório entregado ao Conselho da Segurança da ONU por Ban Ki moon em 30 de dezembro, Teerã pode ter violado as regras fornecendo armas e mísseis ao movimento xiita Hezbollah, no Líbano.

"Na sua intervenção transmitida pelo canal de televisão Al Manar TV em 24 de junho de 2016, o líder de Hezbollah, Hassan Nasrallah, declarou que o orçamento do movimento, bem como os salários, despesas, armas e mísseis estão sendo fornecidos pelo Irã", diz o documento.

Rafsanjani - Sputnik Brasil
Morre ex-presidente do Irã Akbar Hashemi Rafsanjani
"Estou bastante preocupado com essa declaração, que significa que o fornecimento de armas ao Hezbollah libanês pelo Irã pode ter sido realizado contra a resolução do Conselho da Segurança da ONU", indica o relatório de Ban Ki moon, citado pela Reuters.

A ONU tinha apelado à missão do Irã pedindo para esclarecer esse assunto. Em resposta, os representantes de Teerã afirmaram que as medidas tomadas pelo Irã "para combater o terrorismo e extremismo violento na região" correspondem aos interesses da segurança nacional do país e às suas obrigações internacionais, revela a Reuters.

O embargo à venda de armas e as sanções ao Irã, impostas devido à atividade nuclear do país, continuam em vigor.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала