Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Maduro diz que Venezuela vai comprar armas da Rússia e da China

© AP Photo / Ramon EspinosaBolivarian National Guardsmen march in riot gear during a parade marking Venezuela's Independence Day in Caracas, Venezuela
Bolivarian National Guardsmen march in riot gear during a parade marking Venezuela's Independence Day in Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga no
Venezuela vai comprar equipamentos militares e armamentos da Rússia e da China para equipar suas forças especiais, incluindo as responsáveis pela segurança pública, revelou à AFP o presidente venezuelano Nicolás Maduro.

Segundo ele, dentro de pouco tempo o ministro da Defesa do país visitará Rússia e China para firmar os respectivos acordos de compra. Maduro explicou que as armas e os equipamentos em questão serão igualmente usados pelas forças de reação rápida da Venezuela.

Um caixa recebe notas venezuelanas de bolívar em um mercado no centro de Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Presidente Santos: na Colômbia não estão monopolizando bolívares
O líder venezuelano exige que os militares do país evitem novos tumultos e saques, como os que aconteceram durante protestos dos dias 16-18 de dezembro, provocados pela decisão do governo de retirar de circulação a cédula de 100 bolívares. Maduro acusou “especuladores colombianos” e “grupos armados” pela morte de quatro pessoas e pelos saques a centenas de lojas que tiveram lugar naquela ocasião.

Leia também: À beira do colapso: o que espera a economia venezuelana em 2017

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала