Exército turco está na vanguarda da luta contra Daesh na Síria

© AP Photo / Halit Onur SandalO exército turco na fronteira com a Síria, 26 de agosto de 2016
O exército turco na fronteira com a Síria, 26 de agosto de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Daesh tenta manter posições no epicentro da guerra, mas forças sírias e turcas reforçam defesa firmemente. O jornal turco Yeni Safak informou também que para a região foram enviados 1.400 soldados adicionais do Exército Livre da Síria, que atuaram nos conflitos na cidade síria de Aleppo.

Explosão em Al-Bab (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Pelo menos 30 civis sírios mortos em ataque do Daesh perto de Al-Bab
Nesta segunda-feira (26), o Estado-Maior da Turquia informou que as forças turcas e o Exército Livre da Síria receberam reforço de 500 soldados dos serviços especiais turcos para combate contra terroristas na região da cidade síria de Al-Bab.

O militar turco, especialista na área de segurança, Abdullah Agar, explicou para a Sputnik Turquia a situação atual ao redor dos combates contra o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) na região em questão.

"A maior quantidade de combate contra o Daesh em Al-Bab provém dos destacamentos do exército turco", disse.

Presidente turco Erdogan Recep Tayyip Erdogan e presidente sírio Bashar Assad (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Pela primeira vez, Ancara declarou interesse em trabalhar com Assad, diz político turco
De acordo com Agar, "mesmo os militares do Exército Livre Sírio estarem desempenhando certas funções para a operação, no campo de batalha, em momentos críticos, os destacamentos do Exército Livre Sírio não estão sendo usados, pois isso pode levar ao fracasso de toda a operação".

Segundo o especialista, a estrutura das forças acima mencionadas é desorganizada.

A operação na região é complicada devido à presença de civis na cidade e nos arredores, sublinhou o especialista turco. Com frequência, são organizados atos terroristas por jihadistas.

"A Turquia está na vanguarda da guerra multifrente e multinível, o epicentro localizado atualmente em Al-Bab", sublinhou o especialista militar.

Ele informou também que os terroristas reforçam suas fileiras de pessoal, com militantes vindos de Mossul e Raqqa. Jihadistas tentam também manter suas posições na região através da intensificação da propaganda terrorista e do uso estratégico de civis como escudo vivo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала