Sobrinho de suspeito do ataque em Berlim é preso na Tunísia

© REUTERSAnis Amri, sospechoso de perpetrar el ataque terrorista en Berlín
Anis Amri, sospechoso de perpetrar el ataque terrorista en Berlín - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ele e outras duas pessoas ligadas a Anis Amri são suspeitos de integrar célula terrorista.

Atentado em Berlim, 19 de desembro de 2016 - Sputnik Brasil
Detalhes da tragédia na feira natalina em Berlim
O sobrinho de Anis Amri e outras duas pessoas ligadas ao suspeito do ataque à feira de Berlim foram presos pela polícia da Tunísia ontem. A suspeita é que eles integrem uma célula terrorista.

O ministro do interior da Tunísia confirmou a informação à agência de notícias AFP. As autoridades tunisianas ainda não deram detalhes das circunstâncias da prisão.

Amir fugiu sozinho

Autoridade em contraterrorismo na Itália, Nina Santos informou hoje que Amri carregava apenas uma mochila, uma escova de dentes e 1000 euros (cerca de R$3400) quando foi morto pela polícia italiana.

Dois policiais pararam Amri, enquanto ele andava sozinho e pediram os seus documentos por volta das 3h desta sexta, em Sesto San Giovanni. Porém, o jovem tirou uma arma de sua mochila e atingiu um policial no ombro. O outro reagiu, matando-o.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала