Rússia reforçará capacidade de defesa nos Bálcãs

© AFP 2022Soldados dos Exércitos da Sérvia e Montenegro monitoram a fronteira entre a Sérvia e Kosovo (foto de arquivo)
Soldados dos Exércitos da Sérvia e Montenegro monitoram a fronteira entre a Sérvia e Kosovo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia entregará à Sérvia seis caças MiG-29 e dezenas de unidades de material blindado, disse o primeiro-ministro sérvio Aleksandr Vucic depois da reunião com o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu.

O primeiro-ministro sérvio também acrescentou que o acordo deve ser assinado até 23 de dezembro.

O caça Mig-29 - Sputnik Brasil
Rússia presenteia Sérvia com caças, tanques e blindados
Agora as partes estão discutindo duas variantes para a entrega do equipamento militar. No primeiro caso, o equipamento será enviado para a Sérvia, onde mais tarde passarão por uma modernização. No outro caso, os caças ficarão na Rússia e serão enviados para a Sérvia já depois de modernização.

O especialista e colunista da publicação Vzglyad, Evgeny Krutikov, pensa que assim a Sérvia se torna o principal parceiro da Rússia na região. Ele também referiu que o comércio de armas para a Rússia tem a ver com aspetos políticos.

"É possível dizer que graças a tais fornecimentos a Rússia regressa aos Bálcãs em termos militares. Com certeza que é impossível imaginar tal acordo com outros países como Bósnia e Herzegovina ou Montenegro. A Sérvia se torna o parceiro militar central da Rússia na região", disse.

O analista militar sérvio, Aleksandar Radic, disse à Sputnik Sérvia que os aviões russos são necessários para Belgrado.

"Agora os MiG-29 são o salvamento da nossa aviação militar. Eles ajudarão a assegurar o patrulhamento dentro do sistema de defesa antiaérea <…>", afirmou ele.

Os caças MiG-29 do grupo de pilotagem Strizhi no céu do aeroporto militar de Kubinka. - Sputnik Brasil
Sérvia compra armas russas para responder a potenciais desafios à segurança
O ex-comandante do aeródromo de Ponikve durante os bombardeios da OTAN, Dragan Krsmanovic, disse que os novos aviões russos reforçarão a capacidade de defesa do país.

"Qualquer modernização tem importância, especialmente na área da Força Aérea ou da defesa antiaérea. Falo sobre este fornecimento e os seguintes que possivelmente incluirão o sistema Buk. Isso, com efeito, poderia reforçar consideravelmente a defesa da Sérvia", sublinhou.

Ele disse que a modernização dos MiG-29 é necessária para usar os radares e mísseis mais modernos.

Krsmanovic disse que a aviação dá à Sérvia a oportunidade de realizar um ataque de resposta contra todo o território de um agressor potencial, especialmente se ele está em sua vizinhança.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала