EUA fecham missões diplomáticas na Turquia após embaixador russo ter sido assassinado

Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos fecharam sua embaixada e consulado na Turquia frente a uma “situação que ameaça a segurança” em Ancara, comunicou a missão diplomática nesta terça-feira (20), isto é, no dia seguinte após o embaixador russo no país ter sido assassinado.

Na segunda-feira (19), o embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov, foi morto a tiro por um homem durante a inauguração de uma exibição de arte na capital turca. O Ministério das Relações Exteriores russo qualificou o incidente como ato de terrorismo.

"A embaixada dos EUA em Ancara e os consulados em Istambul e Adana hoje estão fechadas para visitas regulares. As obtenções de visto serão remarcadas."

​A embaixada dos Estados Unidos, que também passou ontem por problemas de segurança, chamou a situação de "incidente de segurança permanente". Na noite de segunda-feira, foi comunicado que houve um tiroteio perto do edifício da embaixada e que os cidadãos norte-americanos foram aconselhados de não se aproximarem da área.

Um homem armado foi detido pela polícia turca ao tentar entrar no edifício.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала