Rússia vetará resolução da França sobre supervisão da evacuação de Aleppo pela ONU

© AP Photo / Seth WenigConselho de Segurança da ONU
Conselho de Segurança da ONU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O projeto de resolução francês para colocar a evacuação de Aleppo sob a supervisão da ONU é perigoso e impossível de implementar, afirmou neste domingo (18) o embaixador russo nas Nações Unidas, Vitaly Churkin.

"Acreditamos que o que eles estão sugerindo é impossível de implementar e perigoso", disse Churkin.

Extremistas atacam e incendiam ônibus de evacuação na Síria, 18 de dezembro de 2016 - Sputnik Brasil
Extremistas atacam e incendiam ônibus de evacuação na Síria
"Não podemos apoiar [o projeto de resolução], não podemos deixá-lo passar", acrescentou o diplomata russo, insinuando que Moscou usará seu poder de veto no Conselho de Segurança da ONU para barrar a proposta. 

Churkin disse ainda que a Rússia apresentará ao Conselho de Segurança suas próprias e “muito claras” propostas para lidar com a situação em Aleppo.

"Temos ideias específicas. Se não for uma questão de vaidade, então poderíamos ter boas propostas aprovadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas hoje", ressaltou o representante russo.

No início do dia, o Conselho de Segurança realizou uma votação de emergência sobre a resolução francesa, que propõe enviar observadores da ONU para supervisionar a evacuação da cidade síria de Aleppo.

Na sexta-feira (16), o Ministério da Defesa russo anunciou que Aleppo estava sob controle total do governo do presidente Bashar Assad, após a conclusão da operação do exército sírio para retomar os distritos do leste da cidade.

Neste domingo, o governo sírio exigiu a evacuação de mais de mil moradores das povoações xiitas sitiadas de Fuah e Kafarya, província Idlib, em troca da evacuação dos rebeldes que ainda permanecem em Aleppo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала