Novo radar russo pode até determinar a que país pertence o alvo

© Sputnik / Sergey Pyatakov / Abrir o banco de imagensPainel de processamento de dados no posto de comando russo
Painel de processamento de dados no posto de comando russo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O novo radar móvel Podlyot, destinado a efetuar o reconhecimento aéreo, foi colocado ao serviço da Força Aeroespacial russa, informou na quinta-feira (15) o Departamento de Informações e Mídia do Ministério da Defesa da Rússia.

''O regimento radiotécnico da Força Aeroespacial russa na região de Moscou, que assegura a defesa antiaérea de Moscou e da região industrial central, é agora equipado com o novo radar móvel Podlyot, destinado a detectar e seguir objetos voadores em altitudes baixas e muito baixas em condições de <…> interferências passivas e combinadas, bem como repressão de fogo'', diz-se no comunicado.

Caças multifuncionais russos Su-30SM - Sputnik Brasil
Esquadrilha de 12 caças Su-30SM formada na Crimeia
Destaca-se que o radar é capaz de detectar de forma automática e determinar as coordenadas, capturar e seguir simultaneamente vários alvos aéreos – aviões, helicópteros, mísseis de cruzeiro, inclusive os que usam tecnologia furtiva.

''As capacidades do radar permitem seguir ao mesmo tempo pelo menos 200 alvos a altitude de mais de 10 km e a distância de mais de 200 km…Além disso, o radar Podlyot é capaz de determinar a nacionalidade do alvo e apresentar informações de alta precisão <…>'', indicou o Ministério da Defesa russo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала