Ofensiva do Daesh parou após o grupo tomar campo de petróleo perto de Palmira

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensUm tanque do exército sírio nas imediações de Palmira (foto de arquivo)
Um tanque do exército sírio nas imediações de Palmira (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ofensiva do Daesh parou após o grupo tomar campo de petróleo e várias aldeiras perto de Palmira.

A informação foi revelada para a agência de notícias RIA Novosti por uma fonte local.

"O Exército da Síria abandonou os povoados de Bayarat e outros próximos. Os terroristas tomaram também o campo de petróleo de Hiyan. A base aérea T4 pode agora ser considerada como a fortaleza do Exército da Síria e milícias na região", disse a fonte.

Caça russo Sukhoi Su-34 - Sputnik Brasil
Aviões russos realizaram 64 ataques contra terroristas impedindo seu avanço a Palmira
Segundo a fonte, os terroristas já não estão avançando. A aviação continua atacando o Daesh, causando baixas em efetivos e material bélico da organização terrorista.

Quando perguntada sobre o número de pessoas que foram feitas de reféns pelos terroristas do Daesh em Palmira, a fonte não soube responder, mas insistiu que "ninguém podia escapar durante a noite".

No domingo passado, o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) voltou a ocupar a antiga cidade de Palmira. Segundo dados, cerca de 5 mil militantes, inclusive centenas de terroristas suicidas, com dezenas de unidades de material bélico teriam participado da ofensiva. O armamento utilizado seria proveniente das províncias de Raqqa ("capital" síria do Daesh) e Deir ez-Zor.

Em março de 2016, o exército sírio tinha reconquistado o controle de Palmira – Patrimônio Mundial reconhecido pela UNESCO. Desde 21 de maio de 2015, Palmira é alvo da destruição pelos terroristas, que pretendem aniquilar a cidade por completo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала