Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte

Nos siga noTelegram
O fotógrafo Ed Jones ganhou a oportunidade de tirar uma série de retratos que representassem a vida cotidiana dos cidadãos norte-coreanos na capital do país, Pyongyang. Cada uma destas fotos representa uma jornada de vida excepcional e única.
© AFP 2022 / Ed JonesNesta foto, tirada em 2 de dezembro de 2016, a guia turística Baek Hyun-kyung está em frente do Monumento das Três Cartas para a Reunificação Nacional, nos arredores de Pyongyang, onde trabalha no seu dia a dia.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
1/13
Nesta foto, tirada em 2 de dezembro de 2016, a guia turística Baek Hyun-kyung está em frente do Monumento das Três Cartas para a Reunificação Nacional, nos arredores de Pyongyang, onde trabalha no seu dia a dia.
© AFP 2022 / Ed Jones O artista Lee Gyung-lan posa para a foto no estúdio de arte Mansudae, onde trabalha, em 28 de novembro de 2016, em Pyonguang.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
2/13
O artista Lee Gyung-lan posa para a foto no estúdio de arte Mansudae, onde trabalha, em 28 de novembro de 2016, em Pyonguang.
© AFP 2022 / Ed Jones Nesta foto, tirada em 25 de novembro de 2016, o noivo Sip Seung-chul (à direita) posa com a sua futura esposa na véspera de uma sessão de fotos nupcial perto do rio Taedong, em Pyongyang.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
3/13
Nesta foto, tirada em 25 de novembro de 2016, o noivo Sip Seung-chul (à direita) posa com a sua futura esposa na véspera de uma sessão de fotos nupcial perto do rio Taedong, em Pyongyang.
© AFP 2022 / Ed JonesO marinheiro Kim Il-soo posa para uma foto em um barco alugado para as sessões de fotos nupciais no rio Taedong, em 25 de novembro de 2016.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
4/13
O marinheiro Kim Il-soo posa para uma foto em um barco alugado para as sessões de fotos nupciais no rio Taedong, em 25 de novembro de 2016.
© AFP 2022 / Ed JonesO bebê Moon Ji-sung (no centro) com seus pais perante a entrada ao Jardim Zoológico Central de Pyongyang, em 27 de novembro de 2016.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
5/13
O bebê Moon Ji-sung (no centro) com seus pais perante a entrada ao Jardim Zoológico Central de Pyongyang, em 27 de novembro de 2016.
© AFP 2022 / Ed Jones O aposentado Kim Hong-sul posa para a foto em um caminho perto do rio Taedong, em Pyongyang, em 27 de novembro de 2016.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
6/13
O aposentado Kim Hong-sul posa para a foto em um caminho perto do rio Taedong, em Pyongyang, em 27 de novembro de 2016.
© AFP 2022 / Ed Jones Nesta foto, tirada em 28 de novembro de 2016, Choi Hee-ok está no topo da Torre Juche, onde trabalha como guia turística.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
7/13
Nesta foto, tirada em 28 de novembro de 2016, Choi Hee-ok está no topo da Torre Juche, onde trabalha como guia turística.
© AFP 2022 / Ed Jones A voluntária Lee Young-hwa, de 19 anos, posa para uma foto na sala de aula do centro científico SciTech, em Pyongyang, em 26 de novembro de 2016.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
8/13
A voluntária Lee Young-hwa, de 19 anos, posa para uma foto na sala de aula do centro científico SciTech, em Pyongyang, em 26 de novembro de 2016.
© AFP 2022 / Ed JonesNesta foto, tirada em 30 de novembro de 2016, o empresário agrícola Kim Young-guk está em uma das suas fazendas nos subúrbios de Kaesong, perto da zona desmilitarizada que separa as duas Coreias.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
9/13
Nesta foto, tirada em 30 de novembro de 2016, o empresário agrícola Kim Young-guk está em uma das suas fazendas nos subúrbios de Kaesong, perto da zona desmilitarizada que separa as duas Coreias.
© AFP 2022 / Ed JonesEm 1 de dezembro de 2016, a estudante Kim Hong posa para a foto quando praticava patinagem na Praça Kim Il-sung, em Pyongyang.
A Rare Glimpse Into Daily Life in North Korea - Sputnik Brasil
10/13
Em 1 de dezembro de 2016, a estudante Kim Hong posa para a foto quando praticava patinagem na Praça Kim Il-sung, em Pyongyang.
© AFP 2022 / Ed JonesA guia turística Jeon Eun-mi está no topo do Arco do Triunfo, onde ela trabalha, em 29 de novembro de 2016.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
11/13
A guia turística Jeon Eun-mi está no topo do Arco do Triunfo, onde ela trabalha, em 29 de novembro de 2016.
© AFP 2022 / Ed Jones Nesta foto, tirada em 28 de novembro de 2016, o artista Hong Choon posa no estúdio de arte Mansudae, onde trabalha, em Pyongyang.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
12/13
Nesta foto, tirada em 28 de novembro de 2016, o artista Hong Choon posa no estúdio de arte Mansudae, onde trabalha, em Pyongyang.
© AFP 2022 / Ed JonesNesta foto, tirada em 30 de novembro de 2016, o tenente do Exército Popular da Coreia e guia turístico, Hwang Myong-jin, está em frente da cabana perto da zona desmilitarizada, onde em 1953 foram realizadas as negociações da trégua após a Guerra da Coreia.
Oportunidade rara de dar uma olhada à vida cotidiana na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
13/13
Nesta foto, tirada em 30 de novembro de 2016, o tenente do Exército Popular da Coreia e guia turístico, Hwang Myong-jin, está em frente da cabana perto da zona desmilitarizada, onde em 1953 foram realizadas as negociações da trégua após a Guerra da Coreia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала