Problemas nas relações com Rússia pertencem ao passado, diz chanceler turco à Sputnik

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensPresidente russo Vladimir Putin durante o encontro com o primeiro-ministro turco Binali Yildirim. 6 de dezembro, 2016
Presidente russo Vladimir Putin durante o encontro com o primeiro-ministro turco Binali Yildirim. 6 de dezembro, 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, comentou à Sputnik Turquia a visita do premiê turco Binali Yildirim à Rússia, que teve lugar entre 5 e 7 de dezembro.

Premiê turco, Binali Yildirim - Sputnik Brasil
EXCLUSIVA: 'Entendimento entre Moscou e Ancara sobre Síria nunca foi tão bom'
O chefe da chancelaria turca sublinhou que na semana passada o seu homólogo russo Sergei Lavrov se deslocou a Alania para uma visita, que o alto diplomata turco classificou como "eficiente". Cavusoglu disse que, durante as negociações com Lavrov, foram discutidas questões importantes da agenda atual, do melhoramento das relações, bem como a situação na Síria. 

O ministro do Exterior turco acredita que as negociações serviram da boa base para a visita do premiê turco e do presidente turco à Rússia. A visita do líder da Turquia Recep Tayyip Erdogan está prevista para o início de 2017.

"O nosso primeiro-ministro entre 5 e 7 de dezembro de 2016 realizou uma visita muito importante a Moscou. É sabido que nós deixamos no passado os problemas nas relações com a Rússia. Desde junho do ano corrente, no que toca aos problemas nas relações entre a Turquia e a Rússia, estamos observando a intensificação do diálogo", disse.

Falando com a Sputnik Turquia, Cavusoglu comentou todos os assuntos importantes para as relações bilaterais turco-russas. 

Corrente Turca e usina nuclear de Akkuyu

Vale de Akkuyu na província turca de Meresin, onde planeja-se construiur a primeira usina nuclear na Turquia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Turquia pretende continuar realização de projeto da usina nuclear de Akkuyu
"Claramente a atenção foi prestada às questões da área energética. Como é sabido, ainda antes da visita [de Binali Yildirim a Moscou] a Turquia ratificou o acordo da construção do gasoduto Corrente Turca. Agora é a vez da Rússia. Claro que foi discutida também a questão de construção da usina nuclear elétrica de Akkuyu. O nosso primeiro-ministro sublinhou mais uma vez que a Turquia espera receber a primeira eletricidade da usina até 2023", notou Cavusoglu.

Encontro do premiê turco com presidente russo Vladimir Putin

O chanceler turco acredita que o encontro do premiê turco com o líder russo mostra a importância que Putin atribui às relações turco-russas.

"No programa da visita, o presidente da Rússia Vladimir Putin recebeu o nosso primeiro-ministro, o que mostra que o líder russo dá importância às relações com a Turquia e que a Rússia apoia a normalização das relações."

Além do encontro no mais alto nível, o premiê turco se encontrou com vários diplomatas e empresários russos e, como resultado, foi tomada a decisão de intensificar a cooperação bilateral no nível parlamentar.

"Não se deve parar"

Líder russo Vladimir Putin e presidente turco Recep Tayyip Erdogan antes da reunião bilateral em São Petersburgo, Rússia, 9 de agosto de 2016 - Sputnik Brasil
'Relações russo-turcas são estratégicas ao invés das turco-americanas'
Ainda de acordo com o chefe do Exterior da Turquia, atualmente os dois países estão na via correta e que o processo de desenvolvimento das relações não deve parar.

"Resumindo, posso dizer que a Turquia e a Rússia estão na via correta. Temos grandes objetivos. E também temos enormes capacidades e desejo de atingir os objetivos Não se deve parar, é necessário continuar a progredir. Especialmente isso se trata da questão das relações com a Rússia, nós já perdemos um ano. Ainda temos muito para fazer. A visita do primeiro-ministro neste sentido foi muito produtiva", destacou.

Cavusoglu sublinhou, falando com a Sputnik Turquia, que, na sua opinião, a visita do premiê da Turquia abriu uma nova página nas relações entre os dois países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала