Casa Branca: atentado na Somália matou mais de 50 e deixou mais de 100 feridos (Vídeo)

© REUTERS / Feisal OmarLocal do atentado com carro-bomba realizado pelo grupo terrorista Al Shabab em Mogadíscio, na Somália
Local do atentado com carro-bomba realizado pelo grupo terrorista Al Shabab em Mogadíscio, na Somália - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Casa Branca emitiu um comunicado neste domingo (11) informando que o atentado realizado hoje (11) cedo com um carro-bomba em Mogadíscio, na capital da Somália, e reivindicado pela milícia islamita Al Shabab, provocou mais de 50 mortes e deixou mais de 100 pessoas feridas.

Até então, últimas informações da mídia apontavam para o número de 29 mortos.

“Os EUA condenam categoricamente os ataques terroristas próximos a Mogadíscio na Somália, em consequência dos quais mais de 50 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas”, declarou o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Ned Price.

Nas suas palavras, os EUA apoiam Somália nesse momento crítico de eleições e expressam suas condolências às vítimas e suas famílias. “Seguiremos apoiando Somália e esforços regionais na luta contra o terrorismo e o extremismo”, disse.

O ataque em questão, realizado num estacionamento do porto da cidade, é o segundo com carro-bomba reivindicado pelo Al Shabab neste fim de semana, depois que a milícia realizou um atentado ontem (10) contra um dispositivo de segurança perto de Mogadíscio. O grupo integra a rede internacional da Al Qaeda e controla parte do território somali, promovendo atentados regulares contra civis, policiais, representantes do governo e militares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала