Moscou: 'Reação da OTAN sobre ataque a hospital em Aleppo é caso claro de padrões duplos'

© Sputnik / Mikhaikl Alaeddin / Abrir o banco de imagensEsta foto de 5 de dezembro de 2016 mostra o que restou do hospital militar russo atingido por bombardeio em Aleppo
Esta foto de 5 de dezembro de 2016 mostra o que restou do hospital militar russo atingido por bombardeio em Aleppo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O representante permanente da Rússia na OTAN, Alexander Grushko, disse nesta quarta-feira (7) que a reação da OTAN diante do bombardeio de um hospital móvel russo em Aleppo é um exemplo gritante da aplicação de padrões duplos por parte da aliança ocidental.

Vista pelo local do hospital móvel russo em Aleppo depois de ataques dos terroristas, Síria, 5 de dezembro de 2016 - Sputnik Brasil
Por que hospital russo foi atacado em Aleppo?
Grushko sublinhou que os membros da aliança não pronunciaram uma única palavra de arrependimento a respeito do caso.

"Este é um exemplo claro de padrões duplos, em que os funcionários da OTAN não puderam encontrar uma palavra sequer para expressar pesar ou compaixão nem para condenar com firmeza o ataque ao nosso hospital", disse Grushko em coletiva de imprensa.

Nesta quarta-feira, em resposta a um pedido de comentário sobre a morte das médicas militares russas em Aleppo, o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, disse que a morte de pessoas na cidade síria salienta a necessidade de encontrar uma solução política para conflito. No entanto, Stoltenberg não mencionou o bombardeio do hospital móvel russo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала