Fidel Castro, um líder contraditório

© REUTERS / Juan BarretoPopulação homenageia líder cubano na cerimônia fúnebre
População homenageia líder cubano na cerimônia fúnebre - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Considerado por uns como libertador e herói e por outros como tirano, Fidel Alejandro Castro Ruz sempre será o símbolo da Revolução e do século XX.

O homem que conseguiu o impossível: construir uma sociedade comunista perto dos EUA, Fidel Castro, nascido em 13 de agosto de 1926 na fazenda paterna em Birán, na província do Oriente, em Cuba, sobreviveu a 12 presidentes norte-americanos e na época da Guerra Fria se tornou aliado da União Soviética contra a vontade de Washington.

Hoje, quando as cinzas do Pai da Revolução cubana foram enterradas para descansar em paz, recordamos a trajetória de Fidel Castro, figura-chave do século XX.

© AFP 2022 / INTERCONTINENTALEFidel Castro, rodeado por companheiros, assiste a concerto em sua honra realizado na selva cubana, 13 de abril de 1958
Fidel Castro, rodeado por companheiros, assiste a concerto em sua honra realizado na selva cubana, 13 de abril de 1958 - Sputnik Brasil
Fidel Castro, rodeado por companheiros, assiste a concerto em sua honra realizado na selva cubana, 13 de abril de 1958

Ainda muito jovem Fidel se decepcionou com os Estados Unidos. Quando estudava no colégio jesuíta em Dolores, ele escreveu uma carta a Franklin Delano Roosevelt, o convidando a visitar as minas de ferro do Oriente e lhe pediu uma cédula de US$ 10 autografada. Ele recebeu uma carta de resposta do Departamento de Estado, mas nela não havia nenhuma cédula. O colega de escola de Fidel se lembrou que ele ficou muito incomodado e disse que os "norte-americanos eram muito tacanhos".

A vida política de Fidel Castro começou em 1942, ano em que ele ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de Havana, o lugar perfeito e protegido para discutir todas as ideias políticas. A índole revolucionária de Fidel fez com que ele se aproximasse dos grupos rebeldes. Já nos anos estudantis Castro participou de vários manifestações e rebeliões.

Fidel Castro se apresenta na Assembleia-Geral da ONU, Nova York, 13 de outubro de 1979 - Sputnik Brasil
Assim falou o Comandante: as frases mais marcantes de Fidel Castro
Ao terminar os estudos, Fidel Castro abriu um pequeno escritório de advocacia na capital cubana, mas a política tomava todo seu tempo e energias. Em 11 de março de 1950, ocorreu um golpe e Fulgencio Batista chegou ao poder. Este evento convenceu Fidel de que a via armada e revolucionária era a solução para o país. Em 1953, Castro chefiou a tomada fracassada de Moncada, em Santiago de Cuba, e de Bayamo. O ataque falhado resultou para Fidel na condenação a 15 anos de prisão. No julgamento ele fez um discurso que ficou conhecido como "A História me absolverá''. Anistiado depois de dois anos de prisão, Castro anuncia a fundação do Movimento 26 de Julho e parte ao México com a decisão de formar uma força para derrubar o regime de Batista.

Em 2 de dezembro de 1956, Castro desembarcou com seu irmão Raúl e seguidores do iate "Granma" na praia de Las Coloradas, no sul do país, perto da Sierra Maestra, onde já eram aguardados pelo exército. Ocorreu um confronto, sobreviveram apenas 12 homens. O período da Sierra Maestra foi caracterizado pela luta armada contra o exército governamental, ciente das intensas negociações políticas entre diversas facções revolucionárias, algumas delas com sérias suspeitas em relação ao líder cubano.

Em Sierra Maestra começa a se opor às ações dos EUA. Em carta para a uma sua amiga e revolucionária Fidel Castro escreveu: "Quando esta guerra terminar, começará uma muito maior, uma guerra contra eles [os norte-americanos]. Acabo de chegar à conclusão de que esse é meu destino."

As ações do governo para reprimir o Movimento 26 de Julho fizeram com que Fidel ganhasse mais popularidade e se tornasse líder inquestionável da oposição a Batista e do país.

Ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, na Argentina, em 21 de julho de 2006. - Sputnik Brasil
'Viver no Caribe e desafiar os EUA é façanha de Dom Quixote'
Em 1 de janeiro de 1959, Fulgencio Batista foge para a República Dominicana e o Movimento 26 de julho assume o poder. Se seguiram meses de confusão política, mas também de alegria popular.

Começam os julgamentos populares contra agentes de Batista, os fuzilamentos resultaram na reprovação da América Latina e dos EUA. O número exato de mortos nunca foi determinado. Nos primeiros meses Fidel Castro realizou várias reformas, a mais marcante foi aquela que estabeleceu a alfabetização obrigatória e se tornou um emblema do governo de Castro.

Os primeiros anos da Revolução cubana foram marcados pelo desentendimento entre os EUA e Cuba e pela aproximação de Havana a Moscou. O confronto com os EUA se agrava devido à Crise de Misseis de Cuba. Em outubro de 1962, satélites norte-americanos descobriram a construção de bases de misseis nucleares soviéticos em Cuba. A crise durou 13 dias, ao final, depois de negociações diretas entre Kennedy e Nikita Krushchov, líder soviético, os militares da URSS se retiraram evitando assim um grande conflito nuclear.

Continuado a revolução, Fidel nacionaliza a educação e a saúde pública, milhares de cubanos fogem da ilha, se mudando para os EUA.

Fidel Castro - Sputnik Brasil
9 curiosidades que poucos sabem sobre Fidel Castro
Em outubro de 1965, Fidel Castro criou o Partido Comunista de Cuba e assumiu a presidência, a política estabelecida ainda em 1965 continua determinando a vida do país até hoje.

Em 2006, Fidel fica gravemente doente, passa por várias cirurgias. Provisoriamente ele cede o poder ao seu irmão Raúl, que em 2008 assume o poder definitivamente.

Fidel Castro morreu aos 90 anos de idade na noite da sexta-feira (25). Foi declarado luto nacional no país, com bandeiras nacionais a meio-mastro e eventos de entretenimento cancelados.

Leia mais sobre o percurso da vida do líder da Revolução cubana na Ópera Mundi.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала