Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo Temer diz que 'manifestações demonstram força da democracia'

© Marcello Casal Jr / Fotos PúblicasAto em apoio à Lava Jato em 4 de dezembro de 2016
Ato em apoio à Lava Jato em 4 de dezembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Domingo foi marcado por primeira manifestação nacional da era Temer, reunindo milhares de pessoas em todo o Brasil. Manifestantes demonstraram apoio à Operação Lava Jato e protestaram contra a corrupção.

Os protestos deste domingo demonstraram um perfil semelhante aos atos que pediram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Convocados pelos grupos Vem pra Rua e Movimento Brasil Livre, os manifestantes, em sua maioria de classe média e alta, saíram às ruas vestindo verde e amarelo, pedindo o fim da corrupção e enaltecendo o juiz federal Sérgio Moro, que comanda as investigações da Operação Lava Jato. Também estiveram presentes grupos pedindo intervenção militar no país.

​Em nota, o Palácio do Planalto destacou o aspecto "democrático" das manifestações, dizendo que os atos fortalecem as insituições do país.

"Milhares de cidadãos expressaram suas ideias de forma pacífica e ordeira. Esse comportamento exemplar demonstra o respeito cívico que fortalece ainda mais nossas instituições. É preciso que os Poderes da República estejam sempre atentos às reivindicações da população brasileira”, diz o comunicado do Palácio do Planalto.

O principal alvo dos protestos foi o pacote de medidas anticorrupção, que foi aprovado com polêmicas alterações prevendo punição de juizes e membros do Ministério Público. Os manifestantes que foram as ruas defendem o texto original do pacote contra a corrupção, criticando as emendas feitas na madrugada de quarta-feira (4) na Câmara dos Deputados.

Segundo informações da Polícia Militar, 15 pessoas foram às ruas em São Paulo, na Avenida Paulista, número semelhante ao protestos em Brasília e no Rio de Janeiro, onde o público chegou a 20 mil em Copacabana. Cerca de 200 cidades em todo o Brasil reuniram manifestantes em defesa da Lava Jato.  

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала