Militar ucraniano junta-se à milícia de Donbass depois de matar seu comandante

© AP Photo / Evgeniy MaloletkaMilitares ucranianos em Donbass
Militares ucranianos em Donbass - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um militar ucraniano passou para lado da milícia de Donbass, disse o centro de imprensa da operação militar das forças de segurança ucranianas em Donbass.

"Ontem um combatente dos nossos destacamentos cometeu um crime grave. Esperando evitar o castigo, passou para o lado do inimigo", diz-se no comunicado do centro de imprensa no Facebook.

Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko - Sputnik Brasil
Ucranianos não acreditam que Poroshenko consegue por fim ao conflito em Donbass
Ao mesmo tempo, os militares não esclarecem de que crime se trata.

Segundo dados não oficiais de um dos voluntários ucranianos divulgados no Facebook, o militar que desertou era russo, oriundo da cidade ucraniana de Odessa. Um dia esperou até que os seus companheiros saíssem e matou o comandante do seu destacamento. Depois recolheu todas as armas, inclusive lança-granadas, e tentou fugir de carro, mas foi interceptado. Entretanto, depois disso conseguiu fugir para a milícia de Donbass.

Em setembro as autoridades da autoproclamada República Popular de Lugansk informaram que um militar ucraniano havia morto dois colegas e fugido da unidade militar armado com o fuzil. Segundo os dados da inteligência da República de Lugansk, o conflito aconteceu por causa de "ordens criminosas" dadas pelos comandantes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала