Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Lavrov apela para cooperação pragmática e reciprocamente proveitosa com OTAN

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensMinistro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov na reunião dos líderes dos países-membros da Comunidade dos Estados Independentes, Quirguistão, 16 de setembro de 2016
Ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov na reunião dos líderes dos países-membros da Comunidade dos Estados Independentes, Quirguistão, 16 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
No decorrer do fórum internacional em homenagem ao ex-chanceler e premiê russo Yevgeny Primakov, do qual participam diplomatas, políticos e peritos em Relações Internacionais, Sergei Lavrov expressou suas impressões quanto a cooperação com a OTAN e outros assuntos de importância global.

Soldados da Marinha do Reino Unido mostram métodos de combate durante exercícios da OTAN, em 16 de maio, 2007. - Sputnik Brasil
Lavrov: 'a tática da OTAN para conter a Rússia desestabiliza toda a Europa'
Moscou continua alinhada ao ato fundamental do Conselho OTAN-Rússia e apela à Aliança para que não se afaste dos seus princípios, afirmou o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.

Ao discursar no fórum dedicado ao célebre diplomata russo Yevgeny Primakov, o ministro russo fez lembrar que, em 1997, os signatários do documento acordaram em não se considerar um ao outro como adversários.

"Continuamos entendendo o ato fundamental como um dos acordos-chave na esfera da segurança europeia. Apelamos aos países-membros da OTAN para não permitirem o desvio dos princípios e regras de conduta estabelecidos no diocumento. Infelizmente, tais tentativas já têm ocorrido", manifestou Lavrov.

"Hoje em dia é nesta base — nos princípios de igualdade, respeito recíproco de interesses, não interferência nos assuntos internos — que o presidente russo, Vladimir Putin, propõe construir o diálogo russo-americano. A cooperação pragmática e reciprocamente proveitosa entre a Rússia e os EUA corresponde aos interesses de ambos os países, à estabilidade e segurança mundiais", frisou o chefe da chancelaria russa no seu discurso.

Segundo disse o ministro, a tradição que "foi incorporada no nosso entendimento da política externa por Yevgeny Primakov continua sendo a base da diplomacia atual".

© Sputnik / Ramil Sitdikov / Abrir o banco de imagensSergei Lavrov discursa no fórum internacional dedicado ao célebre diplomata russo, Yevgeny Primakov, em 30 de novembro de 2016
Sergei Lavrov discursa no fórum internacional dedicado ao célebre diplomata russo, Yevgeny Primakov, em 30 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Sergei Lavrov discursa no fórum internacional dedicado ao célebre diplomata russo, Yevgeny Primakov, em 30 de novembro de 2016

Outro discurso em destaque durante o fórum internacional foi o da presidente do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo), Valentina Matvienko. Segundo disse a senadora, Yevgeny Primakov foi primeiro a fazer o Ocidente entender que a Rússia conduzirá uma política externa independente ao determinar "uma linha vermelha que não pode ser ultrapassada por ninguém".

"Claro que nem todos gostam disso. É daqui que provêm a pressão política, as sanções econômicas, a maciça campanha midiática contra a Rússia, as tentativas de isolar o nosso país nos assuntos internacionais. Mas já se pode dizer que estas tentativas fracassaram", afirmou Matvienko.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала