Mais de um milhão nas ruas de Seul contra a presidente Park Geun-hye (VÍDEO)

© REUTERS / Jeon Heon-kyun/Pool TPX IMAGES OF THE DAYSul-coreanos seguram velas durante uma manifestação contra a presidente Park Geun-hye em uma das avenidas principais de Seul, Coreia do Sul, 26 de novembro de 2016
Sul-coreanos seguram velas durante uma manifestação contra a presidente Park Geun-hye em uma das avenidas principais de Seul, Coreia do Sul, 26 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cerca de 1,3 milhão de manifestantes se reuniram no centro de Seul para exigir a renúncia da presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, neste sábado (26), relata a RT.

Os organizadores do protesto esperam que até um milhão e meio de pessoas ocupem as ruas da capital sul-coreana antes do fim da noite, relata Reuters. Além disso, cerca de 500.000 pessoas tomaram as ruas em outras cidades do país.

​O governo sul-coreano está imerso em um escândalo de corrupção envolvendo uma velha amiga de Park Geun-hye que teria usado sua intimidade com a presidente para influenciar assuntos de Estado. 

Os protestos em massa, que ocorrem há quatro semanas, são os maiores no país desde os anos 1980.

Logo da Samsung em uma exposição - Sputnik Brasil
Promotores da Coreia do Sul invadem escritórios da Samsung
A presidente admitiu seu erro e pediu desculpas ao país no início de novembro.

A confissão, porém, provocou revolta entre os sul-coreanos, que tomaram as ruas para exigir a renúncia de Park, cujo apoio popular diminuiu para apenas 5%, segundo as últimas pesquisas.

Devido ao escândalo, a presidente já destituiu vários altos funcionários, incluindo o primeiro-ministro, o ministro das Finanças e oito secretários presidenciais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала