Israel culpa palestinos por incêndios que arrasam o país e prende 13 suspeitos

© AP Photo / Ariel SchalitPessoas correm de incêndios florestais em Haifa, Israel, quinta-feira, 24 de novembro de 2016
Pessoas correm de incêndios florestais em Haifa, Israel, quinta-feira, 24 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Israel intensificou os esforços neste sábado (26) para extinguir os incêndios que assolaram grandes áreas do país e disse que suas forças de segurança prenderam 13 palestinos suspeitos de terem iniciado focos de fogo de propósito.

Manobras do Ministério para Situações de Emergência na ilha de Sakhalin, aeronave anfibia Beriev Be-200 - Sputnik Brasil
Aeronaves russas começam combate a fogos em Israel e já obtiveram sucesso
Enquanto muitos focos já foram contidos, novas conflagrações se espalharam pelo norte e centro de Israel, bem como por partes da Cisjordânia ocupada, pelo quinto dia consecutivo, segundo relata a Reuters

Os militares israelenses disseram que, nos últimos dias, as forças de segurança haviam prendido mais de 10 suspeitos palestinos que estariam supostamente tentando iniciar incêndios de propósito. 

​Não houve resposta oficial por parte dos líderes palestinos, que, ao invés disso, enviaram equipes de resgate para ajudar a combater o fogo. 

Ayman Odeh, um importante político árabe israelense citado pela Reuters, rejeitou a sugestão de que os árabes seriam responsáveis pelos incêndios criminosos e acusou o governo israelense de aproveitar a situação para incitar a população contra a minoria árabe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала