Operação policial enfrenta invasão de homem armado em asilo de monges na França

© AFP 2022 / PASCAL GUYOTPolícia francesa em uma estrada perto da casa de repouso para monges em Montferrier-sur-Lez, sul da França, no início de 25 de novembro de 2016, após um homem armado ter inavdido a casa e matado uma mulher com uma faca.
Polícia francesa em uma estrada perto da casa de repouso para monges em Montferrier-sur-Lez, sul da França, no início de 25 de novembro de 2016, após um homem armado ter inavdido a casa e matado uma mulher com uma faca. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia francesa está realizando uma operação de busca especial depois que um homem armado entrou em um lar de idosos em Montferrier-sur-Lez, localizado no departamento de Herault, no sul da França, próximo a Montpellier.

De acordo com a AFP, um homem encapuzado e armado com uma faca e com uma espingarda invadiu a casa de repouso para monges na noite desta quinta-feira, não sem antes ter amarrado e matado uma segurança da instituição. Pelo menos uma pessoa morreu no ataque, segundo relatos iniciais. A vítima, ainda segundo a AFP, era uma mulher, que e foi morta a facadas.

O jornal Daily Mail reportou que duas pessoas morreram no ataque.

As forças especiais francesas chegaram à cena mas não encontraram o suspeito. Os motivos do ataque permanecem desconhecidos.

Cerca de 60 monges pensionistas, que trabalharam em diversas missões na África, vivem no local. Todos foram "postos em segurança" pela polícia, segundo disse à AFP uma fonte próxima à investigação.

A polícia ainda continua a busca para encontrar o suspeito, que fugiu do local.

"A busca na instituição terminou por volta das 00h30", acrescentou a fonte da AFP. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала