Caçando caças: Espanha e Portugal observam voo de Su-35 russo

Nos siga noTelegram
Dois caças espanhóis e um português realizaram voos de monitoramento do voo de um Su-35 russo, informou o jornal espanhol ABC citando fontes.

Caça russo Su-35 durante voo - Sputnik Brasil
Caças russos Su-35 receberão novo 'recheio' eletrônico avançado
Caças F-18 da Força Aérea da Espanha levantaram voo na quinta-feira passada das bases aéreas de Torrejón e Saragoça para acompanhar um avião russo desde o sudeste da Grã-Bretanha até ao cabo de São Vicente, no extremo sudoeste de Portugal. Além disso, também levantou voo um avião F-16 da Força Aérea Portuguesa.

O jornal ABC destacou que o avião russo não violou o espaço aéreo da Espanha e Portugal, Após atingir o cabo de São Vicente Su-35 mudou de rota, permanecendo sempre sobre águas internacionais.

"Os Aviões espanhóis realizaram observação do voo [do avião russo], não foi necessário interceptá-lo," divulgaram as fontes citadas. Além disso, as fontes disseram que semelhantes operações de observação são "normais", os militares também informaram a OTAN sobre a realização da operação.

Avião da OTAN efetuando um voo de reconhecimento sobre as águais neutrais do mar Báltico - Sputnik Brasil
Piloto da OTAN fala sobre conduta dos colegas russos no ar
O jornal destacou que a tripulação do avião russo não reagiu aos sinais de reconhecimento e não informou antecipadamente sobre o voo.

Enquanto isso, o Ministério da Defesa russo tem declarado por diversas vezes que todos os voos da Força Aeroespacial russa estão sendo realizados de acordo com as regras internacionais e que eles não violam fronteiras de países estrangeiros.

Não obstante este fato, não é a primeira vez que um país da OTAN realiza observações dos voos russos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала