Banco do BRICS aprova 2 projetos de larga escala na Índia e China

© AFP 2022 / JOHANNES EISELEA cidade de Xangai, na China, que abriga a sede do Novo Banco de Desenvolvimento, o chamado Banco do BRICS
A cidade de Xangai, na China, que abriga a sede do Novo Banco de Desenvolvimento, o chamado Banco do BRICS - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS aprovou dois projetos no território da China e da Índia no valor total de 641 milhões de dólares, diz o comunicado da entidade.

Paulo Nogueira Batista Jr. - Sputnik Brasil
Paulo Nogueira Batista Jr.: 'Banco dos BRICS terá novos sócios já a partir de 2017'
Segundo foi informado, o banco concederá um crédito equivalente a cerca de 291 milhões de dólares que será destinado à execução do projeto de construção de uma usina eólica costeira no Golfo de Pinghai no município de Putian, província de Fujian.

Além disso, será providenciado um crédito no valor de 350 milhões de dólares para o projeto de construção e renovação de 1,5 mil quilômetros de rodovias no estado indiano de Madhya Pradesh.

Os projetos foram apresentados na terça-feira (22) em Xangai, na China.

Segundo o presidente do Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS, Kundapur Vaman Kamath, os dois projetos "visam satisfazer as necessidades dos países integrantes do banco na área de infraestruturas".

Assim, segundo Kamath, com esses dois projetos o banco já aprovou em um ano o total de sete projetos orçados em 1,5 bilhões de dólares.

O Novo Banco de Desenvolvimento, cuja criação foi anunciada pelo BRICS na cúpula de Fortaleza, em julho de 2014, visa financiar projetos de infraestrutura dos países fundadores e fornecer fundos para outros países em desenvolvimento. A instituição, com sede em Xangai, foi criada com um capital inicial de 100 bilhões de dólares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала