Extração de gás no oeste do Canadá é a causa da maioria dos terremotos na região

© East News / Science Photo LibraryInstalação usada para extrair gás de xisto pelo método de fraturamento hidráulico
Instalação usada para extrair gás de xisto pelo método de fraturamento hidráulico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Extração de gás por fraturamento hidráulico no oeste do Canadá é a causa da maioria dos terremotos na região, revelou uma nova pesquisa.

Na quinta-feira (17), Xuewei Bao e David W. Eaton, da Universidade de Calgary, Canadá, publicaram um artigo intitulado  "A ativação de falhas geológicas devido ao fraturamento hidráulico no oeste do Canadá" em uma revista científica que descreve a ligação entre a extração de gás de xisto pelo método de "fracking" e os terremotos no Canadá.

"O fraturamento hidráulico provocou a maioria dos terremotos no oeste do Canadá, ao contrário do centro-oeste dos EUA onde a eliminação maciça de água salgada é o mecanismo desencadeante dominante", indica a pesquisa. 

Bombardeiro estratégico dos EUA Convair B-36 - Sputnik Brasil
Bomba atômica perdida pelos EUA pode ter sido encontrada na costa do Canadá
Na pesquisa é referido que a análise comparativa da informação sobre a ativação das falhas geológicas e dos terremotos revelou que a atividade sísmica no oeste do Canadá coincide quase completamente com a atividade humana no tempo e no espaço.

O fraturamento hidráulico ou fratura hidráulica é um método que possibilita a extração de petróleo e gás do subsolo. Para libertar o gás que está no subsolo, fratura-se a rocha de xisto com enormes quantidades de água, areia e um coquetel de 600 produtos químicos em alta pressão. Este método é muito criticado devido aos riscos ecológicos e ao potencial de provocar terremotos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала