Chancelaria russa sobre sanções dos EUA: administração Obama se agarra a fantasmas

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensChancelaria da Rússia em Moscou
Chancelaria da Rússia em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A ampliação das sanções dos Estados Unidos à Federação Russa é uma manifestação da política completamente fracassada da administração do presidente cessante Barack Obama, disse à RIA Novosti o vice-chanceler da Rússia Sergei Ryabkov.

O Departamento do Tesouro dos EUA incluiu na lista de sanções os seis deputados eleitos pela Crimeia.

"A ampliação da lista de sanções dos EUA é uma manifestação de uma política absolutamente fracassada e falida da administração cessante dos EUA em relação à Rússia", disse Ryabkov.

Dmitry Medvedev em 11 de fevereiro, durante a reunião de trabalho do Gabinete de ministros - Sputnik Brasil
Rússia prevê continuidade das sanções ocidentais até 2019
Segundo as suas palavras, a decisão não revela mais do que "um vazio interior e a ausência até mesmo de uma compreensão mínima, por parte dos EUA, da realidade contemporânea, em particular, das circunstâncias que levaram à reunificação da Crimeia" com a Rússia.

"Lamentamos que a administração, cuja existência cessará dentro de 60 dias, continue a agarrar-se aos seus próprios fantasmas e demonstre não só falta de lógica, mas também a ausência de um desejo mínimo de melhorar de alguma forma a relação com a Rússia, seriamente abalada e, de fato, destruída por Washington", disse Ryabkov.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала