Ministros aprovam plano para nova estratégia de defesa e segurança da UE

© AFP 2022 / JOHN THYSFederica Mogherini
Federica Mogherini - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os ministros da Defesa e das Relações Exteriores dos países-membros da União Europeia aprovaram nesta segunda-feira (14), em Bruxelas, um plano para a implementação de uma nova estratégia da política europeia para segurança e defesa, informou hoje (14) a chefe da diplomacia da UE Federica Mogherini.

“Todos concordamos com o plano de implementação sobre segurança e defesa” – disse ela em coletiva de imprensa realizada após o encontro ministerial.

Mogherini destacou novamente que o plano não trata da criação de um exército europeu. Nas suas palavras, a UE pretende modernizar estruturas de defesa já existentes ao invés de criar um quartel general para se ocupar da defesa coletiva, que já se insere no âmbito da responsabilidade da OTAN e faz parte da competência nacional dos países-membros do bloco.

Bandeiras da União Europeia próximo ao edifício da Comissão Europeia, Bruxelas - Sputnik Brasil
Secretário da Defesa britânico: não há consenso na UE sobre criação de exército único
Hoje, mais cedo, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, declarou que a UE precisa criar um exército próprio diante do atual cenário político mundial, que inclui a eleição de Donald Trump para a Presidência dos EUA.

“O Tratado de Lisboa permite aos países-membros desenvolver suas capacidades defensivas em forma de uma cooperação permanente organizada. Acho que está na hora de aproveitarmos essa oportunidade" – destacou Juncker.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала