Cidade antiga de Nimrud a sudeste de Mossul é libertada

© AFP 2022 / SABAH ARARA imagem tomada em 12 de março de 2016 mostra visitantes no palácio de Qasr al-Abbasi no bairro de al-Maiden de Bagdá durante uma cerimônia que marca um ano após a destruição feita pelo grupo terrorista Daesh no local arqueológico de Nimrud
A imagem tomada em 12 de março de 2016 mostra visitantes no palácio de Qasr al-Abbasi no bairro de al-Maiden de Bagdá durante uma cerimônia que marca um ano após a destruição feita pelo grupo terrorista Daesh no local arqueológico de Nimrud - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares iraquianos libertaram completamente a antiga cidade de Nimrud, a sudeste de Mossul, dos terroristas do Daesh, informa o canal de TV Al Sumaria, que cita os comandantes da operação.

Soldados do exército do Iraque durante ofensiva contra Mossul - Sputnik Brasil
Forças iraquianas libertam distritos de Mossul das mãos do Daesh
Os ruínas de Nimrud são patrimônio histórico. A cidade foi fundada no século XIII a.C. e era capital do reino Assírio. Em 1989, no local das suas ruínas, localizado a 35 quilômetros de Mossul, foram encontrados mais de 300 obras de arte antigas, como joias, pedras preciosas, estátuas de animais reais e mitológicos dos mais diversos materiais. Os terroristas tentaram destruir os artefatos usando veículos pesados. O prejuízo ainda não está avaliado.   

Na quinta-feira (10), foi informado que os militares se aproximaram da cidade e combateram pelas vilas de Abbas Rajab e Nomania, a primeira dos quais foi retomada naquele dia. Nomania foi libertada no domingo, transmite o canal.

Em 17 de outubro, foi iniciada uma operação militar de grande escala para reconquistar a cidade de Mossul, que desde junho de 2014 permanece sob o controle do Daesh.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала