Diga não ao Resident Evil: Rússia apela à criação de unidades de biodefesa

Nos siga noTelegram
O Ministério do Exterior russo e o Serviço Federal de Defesa dos Direitos dos Consumidores e Bem-Estar Humano (Rospotrebnadzor) propuseram a criação de unidades especiais para a proteção da população contra armas biológicas, disse o vigilante em um comunicado na sexta-feira.

Açores pesquisa - Sputnik Brasil
Brasil e Portugal mergulham juntos na ciência
O Rospotrebnadzor participa da oitava Conferência de Revisão da Convenção sobre Armas Biológicas e Toxínicas (CABT), em Genebra, como membro da delegação governamental da Federação Russa.

“Nas margens da conferência, o Rospotrebnadzor e o Ministério do Exterior russo apresentaram uma iniciativa para a criação sob patrocínio da CABT de unidades biomédicas para contribuir para a proteção contra o uso de armas biológicas, para conduzir uma investigação sobre sua possível utilização e para contribuir para os esforços internacionais na luta contra surtos de doenças infecciosas perigosas”, diz o comunicado.

A CABT é um tratado de desarmamento multilateral que proíbe toda uma categoria de armas biológicas e toxínicas e é um elemento fundamental dos esforços da comunidade internacional para prevenir a proliferação de armas de destruição de massas.

A conferência está sendo realizada entre os dias 7 e 25 de novembro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала