Sanders 2020? Bernie não descarta nova corrida para a Casa Branca

© AP Photo / John MinchilloApoiadores de Bernie Sanders protestam contra a escolha de Hillary Clinton pelo Partido Democrata
Apoiadores de Bernie Sanders protestam contra a escolha de Hillary Clinton pelo Partido Democrata - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Bernie Sanders não descarta outra corrida para a presidência dos EUA em 2020 e considera a derrota do partido democrata para Donald Trump como "um embaraço".

Quando perguntado pela AP se iria concorrer na próxima eleição presidencial, Sanders disse que "quatro anos é muito tempo a partir de agora", explicando que estará em campanha de reeleição para o Senado em 2018. 

"Vamos tomar uma coisa de cada vez, mas não vou descartar nada”, disse Bernie.

Após a vitória eleitoral de Donald Trump, muitos destacaram o fato de que se o Comitê Nacional Democrata não tivesse trabalhado para impedir Sanders de vencer as primárias, o senador de 75 anos poderia ter derrotado o magnata republicano nas eleições.

Sanders também disse que a vitória de Trump foi uma vergonha para o Partido Democrata, já que os eleitores da classe trabalhadora rejeitaram Hillary Clinton e escolheram Trump.

"É um embaraço, penso eu, para todo o Partido Democrata, que milhões de trabalhadores brancos da classe trabalhadora decidiram votar em Trump", disse ele. "O que sugere que a mensagem democrata de defender os trabalhadores não tem mais muita influência entre os trabalhadores neste país".

Trump Brasil - Sputnik Brasil
Trump promete cancelar reforma da saúde de Obama se for eleito
O senador de Vermont destacou a desconexão entre o establishment democrata e os eleitores americanos, particularmente à luz do fracasso do partido em assumir o controle sobre Wall Street.

"Não se pode ser um partido que, por um lado, diz ‘nós somos a favor dos trabalhadores, estamos a favor das necessidades dos jovens, mas não temos a coragem de enfrentar Wall Street e a classe bilionária’", disse Sanders. "As pessoas não acreditam nisso. Você tem que decidir de que lado você está".

Bernie prometeu lutar contra Trump em quaisquer “políticas racistas, sexistas, xenófobas e anti-ambientais", e disse à AP não acreditar que o presidente eleito cumpra as promessas de campanha feitas aos eleitores da classe trabalhadora.

"Espero que eu esteja errado, mas acredito que ele é uma fraude, e acho que, apesar de toda a sua retórica sobre ser um campeão da classe trabalhadora, ela vai acabar se mostrando vazia", disse o senador.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала