Rússia revela se continua enviando armas para Síria

© Sputnik / Dmitry Vinogradov / Abrir o banco de imagensManifestação de apoio da presença do grupo aéreo russo na cidade síria de Tartus
Manifestação de apoio da presença do grupo aéreo russo na cidade síria de Tartus - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia, Aleksandr Fomin, informou hoje (7), em entrevista à Sputnik, que, atualmente, Moscou não possui contratos ativos de fornecimento de armas para Síria.

"No momento, não temos uma colaboração ativa [com a Síria], (…) antes cooperávamos ativamente e fornecíamos uma grande quantidade de armamentos e equipamentos técnicos que estão sendo utilizados hoje" – disse Fomin.

Ele explicou que a decisão de suspender a entrega de armas para Síria foi provocada pelo conflito armado que tomou conta daquele país. "Todos sabem em que estado se encontra a Síria" – disse.

Presidente Vladimir Putin se encontra com Presidente Bashar al-Assad - Sputnik Brasil
'Rússia inviabilizou a derrubada de Assad para os EUA'
A Síria vive uma terrível guerra civil desde 2011. Em 30 de setembro de 2015, atendendo a um pedido do presidente Bashar Assad, a Rússia enviou sua Força Aeroespacial para ajudar exércitos de Damasco no combate a grupos extremistas como Daesh e Frente al-Nusra (proibidos na Rússia). A presença militar russa teve um grande papel na libertação de muitas regiões sírias da ocupação jihadista e, meses depois, Moscou acabou retirando a maior parte de suas forças do país árabe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала