Exército iraquiano reprime ataque do Daesh contra cidade de Al-Shirqat

© AFP 2022 / BULENT KILICExército iraquiano reprime ataque do Daesh contra cidade de Al-Shirqat
Exército iraquiano reprime ataque do Daesh contra cidade de Al-Shirqat - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Forças de segurança iraquianas pararam a ofensiva dos radicais do Daesh contra a cidade de Al-Shirqat, na província de Salaheddine, comunicou o chefe do município de Al-Shirqat, Ali al-Daudah, citado pela agência de notícias russa RIA Novosti.

Mais cedo, foi comunicado que os terroristas tinham atacado a cidade de Al-Shirqat vindos de leste, conquistando uma mesquita e várias moradias. As forças de segurança iraquianas impuseram o recolher obrigatório e enviaram reforços aos militares do exército. Foi comunicado que o ataque dos militantes fizeram sete vítimas entre os militares.

"Hoje, ao romper do dia, mais de 30 radicais do Daesh penetraram no centro de Al-Shirqat usando barcos. Depois de se esconderem em uma mesquita, eles atacaram o Estado-Maior das forças de segurança. Entretanto, a polícia local e a brigada 51 do exército em Al-Shirqat conseguiram lidar com os radicais de forma expedita e reprimiram o ataque”, disse o governador ao canal de televisão Al Sumaria TV. Ali al-Daudah adiantou que as forças de segurança eliminaram cerca de 15 atacantes, enquanto os restantes conseguiram escapar.

Military vehicles of Iraqi army take part in an operation against Islamic State militants in Qaraqosh, near Mosul, Iraq, November 2, 2016 - Sputnik Brasil
Forças iraquianas entram em mais um distrito de Mossul
O recolher obrigatório foi cancelado, as forças de segurança estão fazendo buscas pelo município e nos locais onde estiveram abrigados os jiahadistas, frisou o governador.

O Exército iraquiano libertou Al-Shirqat, situada 100 quilômetros ao sul de Mossul, em setembro deste ano. Desde 17 de outubro os militares iraquianos e as Unidades de Proteção Popular curdas, com o apoio da coalizão internacional encabeçada pelos EUA, estão conduzindo uma ofensiva maciça contra Mossul.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала