Síria volta a usar morteiros gigantes da década de 1950 (VÍDEO)

Nos siga noTelegram
A guerra civil na Síria obrigou as autoridades daquele país a ressuscitar os antigos morteiros superpotentes M-240 para utiliza-los novamente em combate.

Produzido pela primeira vez na distante década de 1950, este modelo de morteiro de 240 milímetros pesa mais de 4 toneladas e precisa de 11 pessoas para ser operado.

Para ser carregado, seu canhão precisa ser colocado em posição horizontal. O equipamento é capaz de disparar até um projétil por minuto.

Na Rússia, esse tipo de morteiro foi substituído há anos pelo modelo 2S4 Tyulpan. Atualmente, o M-240 é utilizado somente no Iraque e na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала