Forças iraquianas avançam a nordeste de Mossul

© REUTERS / Alaa Al-Marjani Forças de segurança iraquianas durante operação contra extremistas em Mossul, Iraque, 19 de outubro de 2016
Forças de segurança iraquianas durante operação contra extremistas em Mossul, Iraque, 19 de outubro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares iraquianos e formações curdas peshmerga abriram duas novas frentes a nordeste de Mossul no âmbito da operação para liberar a cidade da organização terrorista Daesh.

As forças curdas informaram a agência de notícias Associated Press que a ofensiva começou perto da cidade de Bashiqa. O major-general Haider Fadhil destacou que a ofensiva também visa a própria cidade – ela já está cercada e algumas partes dela e duas povoações já foram retomadas.

Militantes do Daesh em um veículo das forças de segurança do Iraque (Mossul, junho de 2014) - Sputnik Brasil
Vitória sobre Daesh em Mossul poderia compensar para os EUA a derrota em Aleppo?
Perto de Bashiqa se encontra uma base militar onde estão estacionados os militares turcos que entraram no Iraque nos finais de 2015 sob pretexto de treinar as forças curdas e sunitas para o ataque a Mossul. As autoridades iraquianas criticaram a presença turca que não tinha sida acordada com Bagdá.

Em 17 de outubro, o primeiro-ministro iraquiano, Haider Abadi, anunciou o início da operação militar para liberar Mossul do controle do Daesh. Segundo a mídia local, cerca de 30 mil soldados iraquianos e 4 mil efetivos das unidades peshmerga participam da operação, apoiada pela coalizão internacional liderada pelos EUA, que realiza ataques aéreos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала